A CANÇÃO DA GRATIDÃO-*Hassan*

Como me seria possível duvidar do Universo?
 Perante a força do oceano, a grandiosidade da montanha, a beleza singela da flor e a inocência encantadora da criança, como não acreditar na Força Maior, que nos traz a existência?

 E o que são os meus desejos contrariados, diante das bênçãos que a cada dia encontro em meu caminho?
 Porque me visitaria a revolta, quando vive em mim a gratidão?

 Sou grato pela luz dourada do amanhecer, que varre do mundo a escuridão e acaricia os meus olhos com a luz de um novo dia.
 Mas também ao anoitecer, que me traz o merecido repouso.


 Sou grato à chuva benfazeja, que ensopa a terra, faz crescer as plantas e alimenta o curso dos rios.
 E ao sol, que enxuga as minhas roupas molhadas e aquece o meu corpo, após a friagem da noite.


 Sou grato pelo alimento, que me sustenta a cada dia.
 E pelo trabalho, que me permite ser digno de prover às necessidades da vida, com o suor de meu rosto e a honestidade de minha conduta.


 Sou grato pelas roupas que visto, e pelo teto que me abriga.
 Por todas as dificuldades que já superei e pelas que ainda surgirão em meu caminho, para ensinar-me o valor da perseverança.


 Sou grato pelos meus amigos, cujo carinho me sustenta e é tão importante ao meu coração.
 Sem eles, muitas vezes me faltaria a coragem para prosseguir a cotidiana jornada.
 Sou grato pelos meus amores, que fazem valer a Vida e renovam as forças de minha alma.

 Que embalam os meus sonhos e me trazem as mais sinceras e intensas emoções.
 Sou grato pelas esperanças, que me fazem seguir em frente; e pelas desilusões, que mantêm o meu senso de realidade e não me deixam esquecer as limitações da condição humana.

 Sou grato pelo riso e pelo pranto, que em meu coração fertilizam as sementes do aprendizado.
 Pela saúde e pelas doenças, que me ensinam a respeitar o corpo e a mente que me servem.
 Sou grato pelos meus acertos, testemunhas de quanto me esforço para seguir os melhores caminhos.
 Mas também por meus erros, que me mostram quanto ainda me resta a aprender.
 Sou grato pela Vida.
 Pela dádiva suprema de existir, de pensar e sentir.
 Pelo dom de sorrir e chorar, pelo direito de a cada dia escolher os novos rumos para a minha própria jornada.


 Sou grato ao Infinito, cuja essência encontro em mim mesmo e percebo em tudo que me rodeia.
 Obrigado, Pai, por permitir que eu Vos possa sentir em cada sopro de vento que percorre o mundo. Em meu verdadeiro Eu.
 * Hassan*

Aprende com o Silencio -Jean-Yves Leloup

"Aprende com o silêncio a ouvir os sons interiores da sua alma, a calar-se nas discussões e assim evitar tragédias e desafetos...
Aprende com o silêncio a aceitar alguns fatos que você provocou, a ser humilde deixando o orgulho gritar lá fora, evitar reclamações vazias e sem sentido...
Aprende com o silêncio a reparar nas coisas mais simples, valorizar o que é belo, ouvir o que faz algum sentido...
Aprende com o silêncio que a solidão não é o pior castigo, existem companhias bem piores...
Aprende com o silêncio que a vida é boa, que nós só precisamos olhar para o lado certo, ouvir a música certa, ler o livro certo.
Aprende com o silêncio que tudo tem um ciclo, como as marés que insistem em ir e voltar, os pássaros que migram e voltam ao mesmo lugar, como a Terra que faz a volta completa sobre o seu próprio eixo, complete a sua tarefa.
Aprende com o silêncio a respeitar a sua vida, valorizar o seu dia, enxergar em você as qualidades que você possui, equilibrar os defeitos que você tem e saber que precisa corrigir e enxergar aqueles que você ainda não descobriu.
Aprende com o silêncio a relaxar, mesmo no pior trânsito, na maior das cobranças, na briga mais acalorada, na discussão entre familiares...
Aprende com o silêncio a respeitar o seu "eu", a valorizar o ser humano que você é, a respeitar o Templo que é o seu corpo, e o Santuário que é a sua vida.
 Aprende hoje com o silêncio, que gritar não traz respeito, que ouvir ainda é melhor que muito falar...
Na natureza tudo acontece com poder e silêncio, com um silêncio poderoso; por vezes, o silêncio é confundido com fraqueza, apatia ou indiferença.
Pensa-se que a pessoa portadora dessa virtude está impedida de reclamar seus direitos e deve tolerar com passividade todos os abusos.
 Acredita-se que o silêncio não combina com o poder, pois este tem se confundido com prepotência e violência.
O Sol nasce e se põe em profunda quietude;move gigantescos sistemas planetários, mas penetra suavemente pela vidraça de uma janela sem a quebrar.
 Acaricia as pétalas de uma rosa sem a ferir, e beija as faces de uma criança adormecida sem a acordar; aí uma vez vamos encontrar na natureza lições preciosas a nos dizer que o verdadeiro poder anda de mãos dadas com a quietude.
 As estrelas e galáxias descrevem as suas órbita com estupenda velocidade pelas vias inexploradas do cosmos, mas nunca deram sinal da sua presença pelo mais leve ruído.
 O oxigênio, poderoso mantenedor da vida, penetra em nossos pulmões, circula discreto pelo nosso corpo, e nem lhe notamos a presença.
 A luz, a vida e o espírito, os maiores poderes do universo, atuam com a suavidade de uma aparente ausência.
Como nos domínios da natureza, o verdadeiro poder do homem não consiste em atos de violência física, quando um homem conquista o verdadeiro poder, toda a antiga violência acaba em benevolência.
 A violência é sinal de fraqueza, a benevolência é indício de poder.
 Os grandes mestres sabem ser severos e rigorosos sem renegarem a mais perfeita quietude e benevolência.
 Deus, que é o supremo poder, age com tamanha quietude que a maioria dos homens nem percebem a Sua ação.
Essa poderosa força, na qual todos estamos mergulhados, mantém o Universo em movimento, faz pulsar o coração dos pássaros, dos bandidos e dos homens de bem, na mais perfeita leveza.
Até mesmo a morte, chega de mansinho e, como hábil cirurgiã, rompe os laços que prendem a alma ao corpo, libertando-a do cativeiro físico.
O verdadeiro poder chega: sem ruído, sem alarde e sem violência.
Sempre que a palavra poder lhe vier à mente, lembre-se do Sol: nasce e se põe em profunda quietude; move gigantescos sistemas planetários, mas penetra suavemente pela vidraça de uma janela e você só sabe pelo calorzinho que ele proporciona.
Acarinha as pétalas de uma flor sem a ferir, beija as faces de uma criança adormecida sem a acordar. "Bem aventurados os mansos, porque eles possuirão a Terra".
*Jean-Yves Leloup*

Mundos Infinitos - Rumi

A cada instante, a voz do Amor nos circunda
e partimos em direção ao Céu profundo
Por que deter-se a olhar ao redor?
Já estivemos antes por esses espaços
E até os anjos os reconhecem.
Retornemos ao Mestre, que é lá nosso lugar
Estamos acima das esferas celestes
Somos superiores aos próprios anjos.
Além da dualidade , nossa meta é a glória suprema!
Quão distante está o mundo terreno do reino da pura substância!
Por que descemos tanto?
Apanhemos nossas coisas e subamos mais uma vez!
Sorte não nos faltará ao entregarmos de novo nossas almas!
Nossa caravana tem por guia Mustafá, a glória do mundo!
Ao contemplar sua face, a Lua partiu-se em dois pedaços...
Não pôde suportar tanta Beleza
e fez-se feliz mendicante frente àquela riqueza!
A doçura que o vento nos traz é o perfume de seus cabelos
A face que traz consigo a luz do dia,
reflete o brilho de seus pensamentos!
Olha bem dentro de teu coração
e vê a Lua que se despedaça...
Por que teus olhos ainda fogem dessa visão maravilhosa?
O homem emerge do oceano da alma como os pássaros do mar
Como há de ser terra seca o lugar do descanso final
de uma ave nascida nesse mar?
Somos pérolas desse oceano! A ele pertencemos! Cada um de nós!
Seguimos o movimento das ondas que se arrastam até a terra
E então retornam ao mar...
E eis que surge a última onda e arremessa o navio do corpo à terra!
E quando essa onda regressa,
naufraga a alma em seu oceano!
E este é o momento da união !!
*Rumi*


Todos os seres buscam e desejam a felicidade-Mooji

Todos os seres buscam e desejam a felicidade duradoura, paz, verdade e compreensão. Nossas vidas podem ser a expressão e a celebração desta descoberta. Mas sem a compreensão real de quem verdadeiramente somos, nós nos consideramos meramente como entidades corpo-mente, inconscientes de nossa natureza mais profunda como Pura Consciência. Esta visão limitada nos deixa enredados num mundo de confusão, medo e conflito – um estado muito infeliz. Satsang nos lembra que nós já somos livres! Para aqueles que estão abertos, a mensagem em Satsang é o sabão que remove a velha sujeira da ignorância e do mal-entendido causados pela errônea identificação, nos deixando como presença consciente aqui agora. Satsang é o convite para pisar dentro do fogo do Auto-conhecimento. Este fogo não o queimará, apenas queimará o que não é você.
*Mooji*

Não Viva a Vida do Facebook-*AD*

 Não Viva a Vida do Facebook
Viva uma vida real Na vida do facebook tudo
 é maravilhoso. 
Não existe imperfeição, todos são amigos
 e sua rede social é enorme. 
Todos comem nos melhores restaurantes, 
vestem as melhores marcas de roupas,
 bebem as melhores cervejas. 
Na vida real tudo é belo e bonito. 
Existe dor, sofrimento, tristeza, alegria, 
paixão, amor… As pessoas
*A.D*

Ouça a sua Voz Interior-Lao Tzu

Ouça a sua Voz Interior

Não importa onde estejas, nem que lhe digam o que deves fazer.
Sempre que tiveres alguma dúvida, descansa um momento e escuta, o que lhe diz sua voz interior.
Não se apresse no caminho, nem siga os passos dos outros.
Sente-se descanse um momento e escute sua voz interior.
Esta é a voz que estás buscando, e ela te guiará.
É o melhor conselho que posa escutar, pois traz pureza aos seus sentimentos, e te dá à liberdade de ser realmente a pessoa que queres ser.
Lembre-se: Todas as respostas que busca já as têm encerradas em sua límpida e pura voz interior.
A utilidade de um vaso de argila está no seu espaço vazio. É o espaço interno de uma casa que a torna habitável.
Enquanto aquilo que é tangível possui qualidades, é o intangível que o torna útil.
O benefício advém daquilo que É. A Matéria…
A utilidade advém daquilo que não É. O vazio…
  • *Lao Tzu*

O Amor e a Beleza - Rumi

"Através da eternidade 
A Beleza verifica sua forma requintada 
Na solidão do nada; 
Coloca um espelho ante seu Rosto 
e contempla sua própria beleza. 
Ele é o conhecedor e o conhecido, 
o observador e o observado; 
nenhum olho, exceto o Seu 
tem observado este Universo.

Cada qualidade sua, encontra uma expressão: 
A Eternidade torna-se campo verde de tempo e espaço; 
Amor, é o jardim que dá vida, o jardim deste mundo. 

Cada ramo, folhas e frutos 
revelam um aspecto da sua perfeição: 
Os ciprestes insinuam Sua Majestade, 
As rosas dão boas novas à Sua beleza.

Sempre que a Beleza aparece 
O Amor também está lá; 
sempre que a Beleza exibe um rosto rosado, 
O Amor acende seu fogo com essa chama. 
Quando a Beleza mora nos vales escuros da noite 
O Amor vem e encontra um coração 
nos emaranhados dos cabelos. 

A Beleza e o Amor são o corpo e a alma. 
A Beleza é a mina, o Amor, o diamante. 

Juntos, tem estado desde o início dos tempos, 
lado a lado, passo a passo.

Deixe as suas preocupações 
e tenha um coração completamente limpo, 
como a superfície de um espelho 
que não contém imagens. 

Se você quiser um espelho claro, 
contemple-se e olhe para a verdade, 
sem vergonha, 
refletida pelo espelho.

Se o metal pode ser polido 
até se assemelhar a um espelho, 
que polimento pode precisar 
o espelho do coração? 

Entre o espelho e o coração 
esta é a única diferença: 

O coração oculta segredos. 
mas o espelho não."
* Rumi *