Tem gente que chega em nossas vidas e parece que sempre esteve...*Alexandro Gruber*

 "Tem gente que chega em nossas vidas e parece que sempre esteve.

 Como se as almas se conhecessem e apenas aguardassem o reencontro.

 Um conhecido de outras vidas, um espírito afim, uma alma ao qual a nossa 

está ligada pelas teias tecidas pelos sentimentos antigos. 

Almas assim se encaixam em nossas vidas de mente, alma e coração. 

Uma pessoa assim não nos completa, mas com certeza nos acrescenta.

 Como se o mundo dessa pessoa orbitasse a mesma estrela que a nossa,

 ou como se fossemos duas estrelas brilhantes

 unidas no desenho celeste de uma mesma constelação.

 Pessoas assim quando chegam estabelecem um contato profundo.

 Porque a qualidade de uma relação não está no tempo 

que duas pessoas passam juntas, mas sim no nível de profundidade

 que conseguiram atingir uma na outra, 

seja no relance de um olhar ou no abraço 

daqueles que chegam para ficar a vida toda. 

Desejo que um dia você encontre alguém que se conecte com a sua profundidade.

 Que ao menos, nem que por alguns segundos alguém 

desperte em você esse sentimento infinito, 

que dá razão a toda a existência. 

E mesmo que essa pessoa não fique, que você seja grato por essa experiência,

 em que vislumbrou a potencialidade do 

seu sentir e o destino inevitável do ser humano. 

Sei que em dado momento, esse reencontro acontece. 

Porque na trajetória infinita da evolução dos seres a vida 

sempre irá juntar aquelas almas que se encaixam 

e que possuem um papel na história uma da outra."


*Alexandro Gruber*





Mesmo que as flores escolhidas para enfeitar meu mundo percam o perfume, *D.A*

 Mesmo que as flores escolhidas 

para enfeitar meu mundo percam o perfume, 

murchem seu brilho, sequem as pétalas, ou, 

simplesmente, desistam de brotar... 

Ainda assim, valerá à pena, para sempre, senti-las... 

Todo sentimento que floresce com inteira beleza, 

não morre quando deixa de ser tocável, apenas se transforma

em sonhos, memórias, saudades... 

Mora ali dentro do coração!

*D.A*





Meu coração é atencioso Silencioso Mesmo calado se expressa...* Olema Mariz *

 Meu coração é atencioso

Silencioso

Mesmo calado se expressa

Por um olhar amoroso

Por um abraço carinhoso

Por um sorriso rasgado

Meu coração é criança

Sempre aberto ao carinho

Fala até de longe, sozinho

Gosta de compartilhar, prever

adivinhar, ler entrelinhas...

Meu coração é volúvel

Tem dias de euforia 

Outros de pura magia

As vezes emudece... Triste...

Palavras ele sabe muitas

Mas gosta de usar sempre 

as mesmas

As comuns, as corriqueiras

As dos poetas humildes, sem estrelas

Aquelas com que todos apaixonados se expressam poeticamente

Mas ele fica mesmo feliz, é quando as palavras são desnecessárias...

Quando o sentimento floresce inteiro

batendo no mesmo compasso do outro coração 

igualmente apaixonado, bem juntinho ao seu!

* Olema Mariz *



A amor dentro de nós parece uma criança,*Sheyla Miglioli*

 A amor dentro de nós parece uma criança,

 as vezes tem manha, as vezes tem dengo.

Uma criança, que sabe chorar quando se sente triste, 

que sabe sorrir dependendo do momento.

O amor,

Ah que lindo nome!

Uma palavra pequena, mas com um significado imenso.

Alguém ai sabe me dizer o que é amar?

Com certeza cada um vai ter uma história para contar.

*Sheyla Miglioli*



Da infância ficaram os quintais. ...*Miryan Lucy Rezende*

 "Da infância ficaram os quintais. 

A magia dos quintais. 

A sombra das árvores, o vento e sua dança de folhas.

 O balanço!

As frutas colhidas no pé. 

O pé descalço molhado de rego d'água.

 Ficou a casa, as paredes e as vozes nelas guardadas, 

o piso cantarolando passos...denunciando presenças.

Os cheiros da cozinha: o prato servido de amores 

( oh! fome perversa que hoje sinto!).

Sons de risadas, de músicas cantaroladas na lida que tecia a vida.

A certeza da benção de todo dia; o beijo nas mãos, 

o respeito posto à mesa já no café da manhã.

O balanço pendurado na árvore escolhida com precisão e carinho.

O balanço cumpria seu destino: ia e voltava! Voava!

Ah, eu não sabia que o balanço do tempo é outro.

Ele vai, ele voa, mas, na volta, não volta, não volta, não volta mais!"

*Miryan Lucy Rezende*



MEUS QUERIDOS POETAS ME DESCULPA ,....

   MEUS QUERIDOS POETAS  ME DESCULPA ,

NÃO ESTOU CONSEGUINDO 

POSTAR COMENTÁRIOS  NO SEU BLOG ,

ACHO QUE MEU BLOG ESTÁ COM PROBLEMAS😢

TENTAREI AMANHÃ NOVAMENTE !!!

MEU CARINHO SEMPRE 💕🙏




Minimamente Feliz -* Leila Ferreira, jornalista*

 Eu já suspeitava que a felicidade com letras maiúsculas não existia, 

mas dava a ela o benefício da dúvida. 

Afinal, desde que nos entendemos por gente aprendemos 

a sonhar com essa felicidade no superlativo. 

 Mas ali, vendo aquele outdoor estrategicamente colocado no meio 

do meu caminho (que de certa forma

 coincidia com o meio da minha trajetória de vida), 

tive certeza de que a felicidade, ao contrário do que 

nos ensinaram os contos de fadas e os filmes de Hollywood, 

não é um estado mágico e duradouro.

Na vida real, o que existe é uma felicidade homeopática, 

distribuída em conta-gotas. 

Um pôr-de-sol aqui, um beijo ali, uma xícara de café recém-coado, 

um livro que a gente não consegue fechar, 

um homem que nos faz sonhar, uma amiga que nos faz rir. 

São situações e momentos que vamos empilhando com o cuidado e 

a delicadeza que merecem alegrias de pequeno e médio

 porte e até grandes (ainda que fugazes) alegrias. ‘

Eu contabilizo tudo de bom que me aparece’, 

sou adepta da felicidade homeopática. ‘

Se o zíper daquele vestido que eu adoro volta a fechar (ufa!) 

ou se pego um congestionamento muito menor do que eu esperava, 

tenho consciência de que são 

momentos de felicidade e vivo cada segundo.

Melhor ser minimamente feliz várias vezes por dia do 

que viver eternamente em compasso de espera. 

*Leila Ferreira, jornalista*






A Idade de Ser Feliz.......*Geraldo Eustáquio de Souza*

 A Idade de Ser Feliz

Existe somente uma idade para a gente ser feliz

somente uma época na vida de cada pessoa

em que é possível sonhar e fazer planos

e ter energia bastante para realizá-los

a despeito de todas as dificuldades e obstáculos


Uma só idade para a gente se encantar com a vida

e viver apaixonadamente

e desfrutar tudo com toda intensidade

sem medo nem culpa de sentir prazer


Fase dourada em que a gente pode criar e recriar a vida

à nossa própria imagem e semelhança

e sorrir e cantar e brincar e dançar

e vestir-se com todas as cores

e entregar-se a todos os amores

experimentando a vida em todos os seus sabores

sem preconceito ou pudor


Tempo de entusiasmo e de coragem

em que todo desafio é mais um convite à luta

que a gente enfrenta com toda a disposição de tentar algo novo,

de novo e de novo, e quantas vezes for preciso


Essa idade, tão fugaz na vida da gente,

chama-se presente,

e tem apenas a duração do instante que passa ...

... doce pássaro do aqui e agora

que quando se dá por ele já partiu para nunca mais!


*Geraldo Eustáquio de Souza*



Gosto de caminhar pelas trilhas do campo, *Thich Nhat Hanh*

 Gosto de caminhar pelas trilhas do campo, 

pelas plantações de arroz ladeadas por gramíneas selvagens, 

pisando conscientemente o solo maravilhoso. 

Nessas horas, a existência se torna 

uma realidade miraculosa e misteriosa. 

Normalmente, as pessoas consideram um 

milagre caminhar sobre a água ou no ar. 

Mas eu acho que o verdadeiro milagre é caminhar no chão. 

Todos os dias nos envolvemos em milagres que 

sequer reconhecemos: o céu azul, as nuvens brancas, 

as folhas verdes, os olhos negros e

 curiosos de uma criança - nossos próprios olhos. 

Tudo é um milagre.

*Thich Nhat Hanh*




Um barco passa ao longe *Anna Carlini*

 Um barco passa ao longe

Na linha do horizonte.


Passa o tempo,

uma alegria, alguns sorrisos

Muitos sonhos, algumas dores

Muitos amores, poucas verdades


Um adeus,

algumas lagrimas, recordações

como no horizonte ao pôr-do-sol

Vão se esfumando as lembranças


Que importa se desce a sombra

Se tudo já é passado.

Navega comigo,

Até que a noite desapareça.


*Anna Carlini*




SOL DE INVERNO *Fabiana Gomes *

SOL DE INVERNO

Esse sol ameno
que ilumina o céu azul hoje
me aproxima da esperança.
Talvez o frio tenha me assustado um pouco.
No inverno, flores e jardins adormecem.
Sinto falta das cores.
Outra vez, carrego versos de saudades
assinados com o meu nome.

As palavras me acolhem
elas me ensinam tanto
que eu nem sei como acomodar
os aprendizados dentro de mim.
Demorei pra conseguir superar
as circunstâncias difíceis,
mas ficou a parte mais bonita
nas memórias da minha história.

Um dia eu parei em frente ao espelho
prometi não mais escrever.
Tentei buscar respostas no silêncio.
Atravessei vazios e quase me perdi.

Às vezes o medo nos paralisa.
Cabe a cada um de nós
achar o nosso lugar.
Escrever é tarefa de uma vida,
é sentir o vento e ouvir saudades.
Escrever é sentir com as palavras diariamente.

Achei o meu lugar
embora me assombro com a beleza
e a realidade da vida.
É aqui que eu quero ficar.

A vida me concedeu licença para escrever.
Abrirei sempre as portas do meu coração
para a poesia...
com amor, com dor
com saudade ou alegria.

Por isso serei eternamente grata a vida!

*Fabiana Gomes*


Deixa Sua Marca! *Maria Beatriz Silva*

 Deixa Sua Marca!


Toque as pessoas com uma gota de amor

Envolvendo-as com sua serenidade e luz

De tal forma que elas possam sentir tua presença


Deixa pétalas de rosas em seu caminhar

Estenda sua mão para aquele

Que já não tem mais esperança

E deixe sua luz interior brilhar


No coração daqueles que de ti necessitam

Deixar sua marca:

Do amor, da luz, da fé, da esperança

Pois quem passa e deixa marcas positivas


Nunca se vai... Fica para sempre

Em nosso coração!

Flor de Esperança

*Maria Beatriz Silva*



Eu nada sei..... *Letícia Thompson*

 Eu nada sei

Não sei escrever tudo o que sinto, 

mas sei sentir e com um amor imenso 

cada pedacinho da vida.

Não sei amar de morrer 

porque para mim amar é viver.

Não sei sonhar todos os meus sonhos, 

só sei sonhar o que o meu coração pede.

Não sei dar tudo de mim, 

mas me esforço para dar o que posso.

Não sei quase nada da vida, 

mas sei que é bom existir.

Tudo o que eu sei é que a vida é linda 

e que enquanto houver 

um mínimo de ternura para oferecer, 

a vida vale a pena viver.

  *Letícia Thompson*





Compaixão não é um relacionamento entre o curador e o ferido. * Pema Chödrön*

 "Compaixão não é um relacionamento entre o curador e o ferido. 

É uma relacão entre iguais. 

Somente quando conhecemos bem 

nossa própria escuridão podemos 

estar presentes na escuridão dos outros. 

A compaixão torna-se real quando 

reconhecemos nossa humanidade comum."

* Pema Chödrön*




Este mundo maravilhoso não me deve nada. *Jeff Brown*

 ❝ Este mundo maravilhoso não me deve nada. 

Ele me deu o dom de respirar,

 olhos, coração, verdade, amor. 

Ele me deu uma oportunidade 

atrás da outra para despertar e expandir. 

Ele lançou sua luz sobre mim inúmeras vezes,

 me convidando para aproveitar o dia se eu tivesse coragem. 

Ele me levantou quando eu caí e ele me 

deu novos olhos quando eu fiquei cego.

 Ele me lembrou o dom da vida todos os dias,

 de tantas maneiras visíveis e invisíveis. 

Se eu não notei, eu não posso culpar ninguém. 

Este mundo maravilhoso não me deve nada.❞

*Jeff Brown*





AQUELA RUA ONDE HABITA OS SONHOS *Marisa F Bragalia*

 AQUELA RUA ONDE HABITA OS SONHOS

 Imensa rua vazia que abrigava vozes

Sons do piano que tocava os sustenidos...

Acordes da canção que hoje volta à lembrança.

Tempos da doçura da menina que corria fascinada pelas luzes

Da poetisa brejeira que falava das flores enquanto a vida floria.

Melodias cantadas ao sabor da vida que crescia

Inspiradas profundamente nas vontades de ser e de ter.

Melodias que ficaram guardadas nas gavetinhas aladas

De um coração que corria pela rua fria...

Poesia que fascinava a menina mais coração que razão

Enquanto perambulava pela rua da saudade.

Brejeira vida

*Marisa F Bragalia*





QUEM ME DERA *Fabiana Gomes*

 QUEM ME DERA

Quem me dera

que as nuvens fossem feitas de algodão,

quem me dera

descrever o que diz meu coração.


As palavras brincam e se perdem

tentando preencher um texto indefinido.

Como poderei descrever o que não é permitido?


Quem dera me perder na luz do luar

e contar as estrelas o significado de amar.

Mas emudeço meus sentimentos

e me perco nesse silêncio.

Permanece em mim

somente as interrogações:

Por que você se foi?

Por que não fui também?


Quem me dera

que o soluçar do meu coração

chegasse até você como ecos de solidão,

e na ânsia de te encontrar,

você pudesse ouvir meu coração

Ah! Quem me dera!

(Fabiana Gomes)






AS ÁGUAS DA CHUVA *Fabiana Gomes da Silva*

 AS ÁGUAS DA CHUVA

Aquele ar fresco

que toca as horas de inquietação

quando falta luz e enxergamos vultos

rodopiando mansinho, nas noites frias,

pela falta de respostas do que virá depois.


Tem dias que o vento

sopra certezas pelo caminho,

seguimos em frente

e quando viramos a esquina

percebemos que um silêncio misterioso ocupa todos os lados.


A alma geme e suspira.


Enquanto as gotas geladas

despencam das nuvens do céu

uma sensação de esperança

acalenta nossas incertezas.

É como se o tempo reservasse

um momento especial

onde pudéssemos sentar

e esperar a vida misturar-se

às águas da chuva.

*Fabiana Gomes da Silva*



Vontade de dormir infinitamente, e sonhar, sonhar e sonhar.. *Viviane Absalão*

Vontade de dormir infinitamente, e sonhar, sonhar e sonhar..

 porque nos sonhos tudo podemos, nos sonhos somos invencíveis , 

estamos com quem queremos, sentimos oq queremos , 

sem julgamentos , sem intromissões , só em nossos sonhos

 podemos ser sempre alegres sem oscilações de humor, 

sem problemas, sei q se a vida fosse assim automaticamente

 não dariamos valor aos momentos de verdadeira felicidade, 

mas poderíamos ter sempre um sorriso no rosto , 

um abraço apertado e um calor gostoso no coração.

*Viviane Absalão*



Pela flor pelo vento pelo fogo....*Sophia de Mello Breyner Andresen*

 Pela flor pelo vento pelo fogo

Pela estrela da noite tão límpida e serena

Pelo nácar do tempo pelo cipreste agudo

Pelo amor sem ironia por tudo

Que atentamente esperamos

Reconheci tua presença incerta

Tua presença fantástica e liberta.

*Sophia de Mello Breyner Andresen*



O Poeta imprime sua alma nas palavras, *Cika Parolin*

 "O Poeta

imprime sua alma nas palavras,

tem um "caso de amor" com a Poesia!

Daqueles espontâneos, naturais

onde as palavras, como beijos, são doces!

Fluem como mel, aquecem o coração.

Como nos verdadeiros afetos, não há regras rígidas,

só leva em conta o que dita a emoção.

O sentir transparece como asa de libélula

e o poema surge em perfeita harmonia."

*Cika Parolin*



Não importa, é assim a viagem, cheia de atropelos, sonhos, *Silvana Duboc*

 TREM DA VIDA

Não importa, é assim a viagem, cheia de atropelos, sonhos,

 fantasias, esperas, despedidas... porém, jamais, retornos. 

Façamos essa viagem, então, da melhor maneira possível, 

tentando nos relacionar bem com todos os passageiros, 

procurando, em cada um deles, o que tiverem de melhor, lembrando, 

sempre, que, em algum momento do trajeto, eles poderão fraquejar e,

 provavelmente, precisaremos entender porque nós também 

fraquejaremos muitas vezes e, com certeza, haverá alguém que nos entenderá.

O grande mistério, afinal, é que jamais saberemos em qual 

parada desceremos, muito menos nossos companheiros,

 nem mesmo aquele que está sentado ao nosso lado.

Eu fico pensando se quando descer desse trem sentirei saudades ... acredito que sim. 

Me separar de alguns amigos que fiz nele será, no mínimo dolorido. 

Deixar meus filhos continuarem a viagem sozinhos, com certeza será muito triste, 

mas me agarro na esperança que, em algum momento, estarei na estação principal

 e terei a grande emoção de vê-los chegar com uma 

bagagem que não tinham quando embarcaram... e o que vai me deixar feliz, 

será pensar que eu colaborei para que ela tenha crescido e se tornado valiosa.

Amigos, façamos com que a nossa estada, nesse trem, seja tranqüila, 

que tenha valido a pena e que, quando chegar a hora de desembarcarmos, 

o nosso lugar vazio traga saudades e boas recordações para aqueles que prosseguirem a viagem.

*Silvana Duboc*



Lembrança de um amor. *Umberto De Vuono *

 Lembrança de um amor.


Com a minha partida, nada mudou entre nós. 

Nosso amor apenas migrou do coração para a memória.

A lembrança dos bons momentos, será a minha face,

 seus sonhos o meu perfume. 

Do carinho de nossos filhos emana a minha voz.

No ar o meu abraço a te envolver sempre que precisar, 

com a suavidade da brisa e a força do nosso amor.

Ao fechar teus olhos, meus olhos se abrem para você.

Nunca ficarei longe, estou dentro e ao seu redor,

quase poderá me tocar, não com as mãos, 

mas com o amor que nos une eternamente.

Sou teu irmão, teu amigo a sua alma gêmea, que vai sempre 

te guardar com amor, nesta e em todas as outras vidas.

*Umberto De Vuono *



A maior herança que podemos deixar à humanidade é o amor....*Letícia Thompson*

 A maior herança que podemos deixar à humanidade é o amor

 que oferecemos de várias formas, são as pequenas felicidades do dia-a-dia que

 vamos distribuindo aqui e acolá, a compreensão que acalma

 as almas inquietas e a ternura que abranda os desenganos da vida.

E o que representa a felicidade hoje pode não representar amanhã. 

Por isso ela é tão múltipla, tão incompreendida e tão necessária.

 Por isso é tão importante distribuir sorrisos, plantar flores, 

fazer visitas, dar bom dia e boa noite,

não se esquecer dos abraços e dos te amo

imprescindíveis ao coração.

*Letícia Thompson*







Um poema que ao lê-lo, * Mario Quintana*

 Um poema que ao lê-lo, nem

sentirias que ele já estivesse escrito,

mas que fosse brotando, no mesmo

instante, de teu próprio coração.

* Mario Quintana*



Quando somos gentis com nós mesmos, quando desaceleramos e dançamos suavemente a música da vida...*Brahma Kumaris*

 "Quando somos gentis com nós mesmos, 

quando desaceleramos e dançamos 

suavemente a música da vida, 

os relacionamentos conosco e com os outros mudam. 

Conseguimos acalmar a auto cobrança e

 serenar as exigências em relação às pessoas.

 Permitimos ser o que somos e também 

aceitamos os limites dos outros. 

Aceitação torna a face mais bonita,

 o corpo mais relaxado. 

Traz harmonia a todos ao redor, aquietando a atmosfera".

*Brahma Kumaris*







O passado é um lugar bonito para se visitar de vez em quando. *Cris Guerra*

 "O passado é um lugar bonito para 

se visitar de vez em quando. 

Não para morar. 

O tempo tem sua mágica. 

Não se vive uma vida de "ontens"..."

*Cris Guerra*



Quem me dera Estar em um jardim...*Nana Pereira*

Quem me dera

Estar em um jardim

Ao som de Mozart

E uma borboleta pousasse

No arco do violino

E me fizesse sonhar.....

*Nana Pereira*



Que a paz se faça presente, que a serenidade seja constante, (Rómy Pinto ©2013)

 MANTRA DAS BOAS ENERGIAS


"Que a paz se faça presente,

que a serenidade seja constante,

que a tranquilidade cubra por completo o seu ser,

que a harmonia seja interiorizada,

que cada caminhar seja florido e perfumado,

que cada pensamento contenha amor,

que em cada noite

surjam estrelas,

para tornar os seus sonhos mais iluminados

que em cada manhã,

os pássaros possam acordar

a sua alma e o seu espírito com doces melodias!

Que você se sinta sempre BEM,

que você seja feliz!!!"


(Rómy Pinto ©2013)




A vida é uma soma de pequenos momentos ....*Elke Franzeck*

 "A vida é uma soma de pequenos momentos 

que vamos guardando dentro de um  albúm  mágico repleto de ternuras.

As páginas de nosso coração são muitas e em cada uma delas,

moram histórias que nos embalam no balanço da memória...''

*Elke Franzeck*



A gente precisa cuidar mais desse lado de dentro.* Neidinha Borges*

 A gente precisa cuidar mais desse lado de dentro.

 Desse sentir profundo que se deixa machucar.

É preciso filtrar as palavras e só acolher 

aquelas que acrescentam algo de bom.

Mude o olhar quando for necessário, 

não tente enfeitar o que não cabe enfeites.

Não espere poesia na fala de quem não sabe amar.

* Neidinha Borges*




MINHA MÃE ESTRELA VIVA,....*Luiz Carlos Rodrigues dos Santos*

 MINHA MÃE ESTRELA VIVA,

Numa noite fria e chuvosa,

Somente uma estrela brilhava,

Eras tu minha mãe iluminada,

Guardada por anjos de luz,

No céu tu brilhavas.

Enquanto teu corpo frio,

Num leito nos aguardavam,

Tu estavas nos braços de Deus

Que com amor te agasalhava.

Um vazio em mim ficava,

Mas sei que tua missão aqui findara.

Descansará teu corpo cansado,

Seu espírito será elevado, abençoado.

Carregaste tua cruz com elegância,

Guerreira e sábia como poucas,

De uma força inexplicável,

Mulher e mãe por excelência.

Desculpe mãe pelo egoísmo,

Mas queria ter você pra sempre comigo.

*Luiz Carlos Rodrigues dos Santos*






((Me identifiquei muito com o poema... ..))

((...SAUDADES ETERNAS😢 ))




Tenho para mim que ler poesia com a voz não pode ser nunca só conhecê-la e dá-la a conhecer.*Luís Miguel Cintra *

 Tenho para mim que ler poesia com a voz não pode 

ser nunca só conhecê-la e dá-la a conhecer.

Ler poesia é torná-la nossa, que a voz, tanto como os olhos,

 quer se queira quer não, é espelho da alma.

Ler poesia é como representar, é inventar quem fala,

 é reinventar um poeta e recriar o momento de escrever.

Por isso é importante escolher o que se lê, não ler qualquer coisa,

 amar o que se diz, decidir que palavras vão passar a fazer 

parte de nós e serão daí em diante também nossa memória 

e nos irão ajudar também a escrever e 

a ler novas palavras, a estar com os outros.

*Luís Miguel Cintra *







Plantar um bosque na alma, e curtir a sombra, o vento, ...*Lya Luft*

 Plantar um bosque na alma,

 e curtir a sombra, o vento, 

as crianças, o sossego. 

Não precisam ser reais. 

Eu até acho que a realidade 

não existe: existe o que nós criamos, sentimos, 

vemos ou simplesmente imaginamos.

*Lya Luft*



Já não há inquietude. Uma ventania levou pra bem longe, *Neidinha Borges*

 Já não há inquietude. Uma ventania levou pra bem longe, 

balançou as folhas e renovou todo cenário.

É Tempo de chuva e vento, que chega lavando a alma, 

limpando tudo, secando as lágrimas, cantando a paz

em forma de oração; e nesse tempo em que 

as mãos se juntam, milagres acontecem,

e fazem pousar na minha alma um sentimento lindo que se chama

GRATIDÃO! 

 *Neidinha Borges*




Hoje queria um dia feito de horas de oferecer. *Mario Quintana*

 "Hoje queria um dia

feito de horas de oferecer.

Porque há dias diferentes.

Dias especiais em que 

queremos encomendar o sol,

a luz do horizonte, a doçura do ar.

Queria oferecer um dia hoje.

Um dia perfeito. Embrulhado 

em momentos guardados.

Talvez com uma fita cor 

de certeza calma, e um laço 

pleno de voltas cúmplices.

Só um dia. Dado assim..."

*Mario Quintana*




E se você encontrar alguém que te coloca pra cima e te faz feliz, * Aniele Talon, o Segredo.*

 E se você encontrar alguém que

 te coloca pra cima e te faz feliz,

 deixe essa pessoa entrar na sua vida;

 é com essa que você deve andar! 

No mais, seja luz e deixe o mundo se contagiar.

* Aniele Talon, o Segredo.*





Há gente que se torna tão especial em nossas vidas, *Tania L Camargo*

Há gente que se torna tão especial em nossas vidas,

que nem a distância, nem a poeira do tempo é capaz de afastá-la de dentro da gente.

É gente que entra sem pedir licença,

cativa nosso afeto e faz morada permanente em nosso coração.

Gente que se faz presente sempre,

pelo simples fato de saber que é amado sem restrições...

Que sabe que o amor vai muito além de qualquer barreira ou preconceito.

Que sabe aceitar os defeitos e falhas sem criticar,

porque compreende que perfeição não existe, 

exceto a de amar incondicionalmente sem perguntas...

Apenas amar!..

É esse tipo de gente que fazem meus dias valerem à pena!..

Que me roubam sorrisos e dividem gargalhadas 

e mesmos quando longe se fazem presente.

É gente que senta ao lado do meu coração 

em cada por de sol que aprecio,

que vem no cheiro da maresia que inspiro

ou de carona no assobio do vento...

Gente que dá saudades...

Gente que sabe AMAR como GENTE!..

*Tania L Camargo*



O caminho que eu escolhi é o do amor, *Paulo Roberto Gaefke*

 O caminho que eu escolhi é o do amor,

Não importam as dores, nem as angústias.

Nem as decepções que vou ter que encarar,

Escolhi ser verdadeira.

No meu caminho, o abraço é apertado.

O aperto de mão é sincero,

Não estranhe a minha maneira de sorrir.

De te desejar o bem!

Não estranhe se eu me emocionar

com a sua história!

Se eu chorar junto com você!

Afinal de contas, sou um ser humano,

Que fez a opção pelo bem!

É assim que eu enxergo a vida!

É só assim que eu acredito,

que vale a pena viver.

Viver com emoção!

Com verdade!

Viver com amor!

Viver com o coração!

*Paulo Roberto Gaefke*




Tenho uma rosa suspensa na memória....*Vany Campos*

 Tenho uma rosa suspensa na memória

É uma flor de amor

Onde um rio escorrendo molha a sombra

O tempo deitou raízes na água

Meus olhos assistem comovidos

Meu canto se afoga em borboletas

De que plaga se alça uma flor liberta

Na larguesa  de  vôos incontidos

A que espumas transidas remonta

Que céus que sonhos sempre a espera

No recesso azul de uma rosa?

Pérola de foco de meus versos

Meu coração se esconde numa sombra

Vestido de palavras

No meu corpo sensível

Pingam gotas de orvalho

Molhando a madrugada

Alimento-me com as seivas da alvorada

Ébrias de estradas.

*Vany Campos*



Nós somos gotas de esperanças, * Cláudia Essy*

 Nós somos gotas de esperanças,

Sementes do mundo,

espalhando luz,

Levando o carinho,

amizade, a fé e coragem

Seguimos em frente,

Buscando os nossos sonhos,

Aprendendo com os medos,

Na companhia de Deus.

A paz está conosco,

Junto com a alegria de estar vivo,

E de sentir a vida e viver.

* Cláudia Essy*



Dias de chuva nos trazem nostalgia... *Patrícia Assmann*

 Dias de chuva nos trazem nostalgia... 

saudades de ser bom, de amar e compartilhar. 

Chuva é Deus lavando a casa do coração

*Patrícia Assmann*





O que prevalece agora é essa maneira nova de sentir a vida. *Ana Jácomo*

 O que prevalece agora é essa maneira nova de sentir a vida.

Essa perspectiva que me faz admirar, incansáveis vezes, antigas preciosidades.

Essa vontade de bendizer tantas maravilhas.

Esse sentimento de gratidão pelas coisas mais simples que existem.

Esse jeito mais amigo de ouvir meu coração.

O que prevalece agora é essa apreciação mais desperta, 

que me permite reinaugurar flores e céus e pessoas no meu olhar.

Essa graça que encontro, de graça, nos detalhes mais singelos.

O que prevalece agora é a confortável suposição de que,

 por trás de tantas e habituais nuvens, 

esse contentamento faz parte da nossa natureza.

Os problemas, os desafios, as limitações, 

não deixaram de existir.

 Deixaram apenas de ocupar o espaço todo.

*Ana Jácomo*



Dá pra reconhecer as pessoas que nos querem bem. *Neidinha Borges*

 "Dá pra reconhecer as pessoas que 

nos querem bem. Geralmente elas 

tem uma alma leve, um olhar que 

brilha... um sorriso que convida... 

um abraço caloroso."

*Neidinha Borges*





A serenidade do entardecer...* Nivaldo Joaquim*

 A serenidade do entardecer..

"A brisa sopra suavemente no nosso rosto.

Deste ar puro, sentimos seu cheiro e seu gosto.

Cheiro de vida, de amor, de encanto.

Gosto de paz, de alegria, de sossego que precisamos tanto " 

* Nivaldo Joaquim*